quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Pastor Yosef foi condenado a forca, mas não negou a Jesus

Pastor Yousef Nadarkhani se recursou a negar sua fé em Jesus Cristo ontem na quarta e última audiência em um tribunal no Irã. Pastor Yousef foi condenado pelo crime de apostasia (abandonar o islamismo) e sentenciado a morte por enforcamento.
O tribunal onde estão sendo realizados os julgamentos está cercado por forças de segurança desde que começaram as audiências do pastor. O tribunal concedeu a Yousef três chances para que ele pudessem se retratar, negar o cristianismo e voltar ao Islã. Somente dessa maneira ele poderia ter sua vida poupada. Mas em todos os casos, ele se recusou a negar a Cristo.
“Estou em contato com o Irã”, disse uma fonte próxima a família do pastor. “Mas as notícias não são muito boas, mas vamos esperar. Se eles realmente quiserem, eles podem matá-lo porque ele se recusou a negar sua fé. Deixamos tudo nas mãos de Deus.”
Um advogado de defesa disse a família Nadarkhani e amigos que havia uma maneira de levar o caso ao Tribunal Supremo, o que poderia estender a pena de Nadarkhani na prisão, mas existe a informação de que o Supremo Tribunal Federal do país  deseja que essa situação seja resolvida o quanto antes.
“Yousef é conhecido como um herói, por isso, se ele for libertado, o governo será visto como alguém que foi derrotado”, disse ele. “Mas se eles o deixarem na prisão, haverá mais pressão internacional.”
“Eles provavelmente não irão matá-lo hoje, mas podem fazer isso quando quiserem”, disse a fonte para o Compass. “Eles podem enforcá-lo ao meio dia ou então daqui a 10 dias. Às vezes entregam o corpo para a família junto com o veredito. Eles têm ultrapassado as fronteiras da lei”
A fonte disse que a esposa de Nadarkhani está muito apreensiva com relação a decisão do tribunal. Eles tem dois filhos: Joel, 7 anos, e Daniel, 9 anos. “A mulher dele está em depressão e preocupada. É uma situação difícil para toda a família.”

FonteCompass Direct

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Criminosos terão que escolher entre a prisão e a igreja


A cidade de Bay Minette, localizada no estado do Alabama, nos Estados Unidos, criou uma lei bastante curiosa: os criminosos não violentos poderão escolher sua punição que pode ser a cadeia ou frequentar uma igreja todos os domingos durante um ano.


De acordo com o chefe de polícia da cidade, Mike Rowland, essa medida pode mudar a vidas das pessoas que estão no caminho errado. O programa já cadastrou 56 igrejas que deverão atender os criminosos e enviar relatórios semanais dizendo se o detento está ou não frequentando os cultos.


São os próprios criminosos que vão escolher a igreja a ser frequentada e se cumprirem o prazo de um ano, as acusações contra eles serão anuladas.


Fonte: Gospel Prime

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Cantora Eliã Oliveira no Barreto I

    A cantora Eliã Oliveira esteve nesta terça-feira (20/09/2011) na congregação do Barreto I (AD Belém) na cidade de Arujá/SP louvando e adorando ao nome do Senhor Jesus. O culto foi transmitido ao vivo pela WEB TV ADBelém Arujá. Veja os vídeos e algumas fotos:




















Postado originalmente em 

sábado, 10 de setembro de 2011

Escola Bíblica Dominical (4º Trimestre de 2011)


NEEMIAS, INTEGRIDADE E CORAGEM EM TEMPOS DE CRISE

1 - Quando a crise mostra a sua face
2 - Liderança em tempos de crise
3 - Aprendendo com as portas de Jerusalém
4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
5 - A conspiração dos inimigos contra Neemias
6 - Neemias lidera um genuíno avivamento
7 - Arrependimento, a base para o concerto
8 - O compromisso com a palavra de Deus
9 - A organização do serviço religioso
10 - O exercício ministerial na casa do Senhor
11 - O dia de adoração e serviço a Deus
12 - As consequencias do jugo desigual
13 - A integridade de um líder


Receba as novidades do Setor 20 em seu E-mail

Seguidores