quinta-feira, 7 de abril de 2011

Lição 2 - Nomes e Símbolos do Espírito Santo



    Atenção: Para imprimir a imagem em tamanho normal (A4), salve-a no seu computador. Se preferir, imprima apenas o texto abaixo, copiando e colando-o no word para formatá-lo como quiser.




Pontos principais 
da Lição



Intr. - O Espírito Santo é também conhecido como o Espírito de verdade (Jo 14:17).

1 - Na cultura hebraica, os nomes representavam as principais características do indivíduo (Gn 25:26).

1.1 - Apesar de ter vários nomes, as vezes, o Espírito Santo também é chamado somente de Espírito (Nm 9:30).

1.2 - O Espírito Santo, nossos Consolador, é quem intercede por nós diante de Deus (Rm 8:26).

1.3 - O Espírito da Verdade é aquEle que tem o poder de nos libertar (Rm 8:31,32).

1.4 - Será julgado e castigado aquele que fizer agravo ao Espírito da graça (Hb 10:28-31).

1.5 - Se Ele nos deu nova vida, devemos viver realmente como novas criaturas (Gl 6:15).

2.1 - Devemos valorizar o conhecimento para não cairmos no engano (2ª Pe 3:15-18).

2.2 - Por várias vezes Jesus usou a simbologia por meio de parábolas (Mt 13:34,35; Jo 2:18-21).

3.1 - O crente deve estar purificado para produzir frutos que permaneçam (Jo 15:16; Gl 5:22).

3.2 - Aonde existe mover espiritual o mundo se incomoda movido pelo espírito maligno que está nele (Jo 15:17-19; Gl 5:23).

3.3 - Os que fazem a diferença por pertencerem a Deus são perseguidos pelo que não O conhecem (Jo 15:20,21; Gl 5:24).

Concl. - Os que se dizem crentes devem ter uma vida de acordo com aquilo que pregam (Gl 5:25).

Palavra-chave
Símbolo: Aquilo que, por princípio de analogia, representa ou substitui outra coisa.

     A pluralidade dos nomes do Espírito Santo serve para deixar claro suas diferentes funções e ações no meio da Igreja de Cristo. Assim como os nomes na cultura hebraica revelam as características de uma pessoa, os nomes atribuídos ao Espírito Santo revelam suas missões entre nós. Por exemplo: Consolador porque Ele nos consola; Espírito de vida porque Ele nos deu uma nova vida; Espírito da Verdade porque Ele nos leva à Verdade que liberta; Espírito da Graça porque através de suas ações chegamos à graça de Deus; e todas as demais formas como Ele é denominado tem seus significados em particular.
    O que é símbolo bíblico? O objetivo de um símbolo, de modo geral, é indicar a utilidade, a função ou a situação de algo, como em placas de anúncios ou avisos, por exemplo. Dessa mesma maneira, biblicamente falando, os símbolos servem para nos orientar, ilustrando através de exemplos o real significado de suas mensagens, auxiliando-nos em suas interpretações.
    As representações simbólicas do Espírito Santo de uso mais comum em nosso cotidiano são: o fogo, a água e o selo, os quais respectivamente significam: nossa purificação, o seu mover sobre nós e o fato de nós sermos sua propriedade exclusiva. Há também outros símbolos que representam o Espírito Santo, como por exemplo: o vento e a pomba.

O Espírito Santo

Como Ensinador
Ele leva o crente a toda verdade. Ajuda-o na interpretação e compreensão correta da Palavra de Deus dando continuidade a obra iniciada por Cristo no mundo (Mt 10:20; Jo 14:26; 1ª Jo 4:1,2).

Como Consolador
A obra do Espírito Santo inclui o seu papel como Espírito da verdade que habita em nós. Ele ensina todas as coisas e faz lembrar tudo o que Cristo disse, além de consolar-nos (Jo 14:16,26; 15:26).

Como promessa
Ele é o penhor que garante a nossa herança futura em Cristo Jesus. É a garantia de Deus que a Igreja é propriedade exclusiva dEle, operando poderosamente no Corpo de Cristo (Ef 1:13,14).

Receba as novidades do Setor 20 em seu E-mail

Seguidores