quarta-feira, 13 de abril de 2011

Lição 3 - O que é o Batismo com o Espírito Santo


    Atenção: Para imprimir a imagem em tamanho normal (A4), salve-a no seu computador. Se preferir, imprima apenas o texto abaixo, copiando e colando-o no word para formatá-lo como quiser.




Pontos principais da lição



Intr. - O batismo com o Espírito Santo foi o cumprimento de uma promessa feita por Deus no Antigo Testamento e confirmada por Jesus no Novo (Jl 2:28,29; Jo 14:16-18; At 2:1-4,15,16).

1.1 - Nossa regeneração depende de nossa conduta diante pessoal (Gl 5:16-18).

1.2 - Ser batizado em Espírito formando um corpo significa que unidos pelo mesmo Espírito somos um corpo espiritual (1ª Co 12:12-14).

1.3 - O batismo com o Espírito Santo, como todos os dons espirituais, também são para os dias atuais (At 2:39).

2.1 - Falar em línguas é a evidência maior do batismo com o Espírito Santo (At 19:1,2,5,6).

2.2 - Ser batizado com o Espírito Santo não significa ter recebido o dom de variedade de línguas (1ª Co 12:29-31).

2.3 - A finalidade do dom de línguas é a edificação pessoal do crente (1ª Co 14:1-5).

3.1 - Glossolalia é o dom que capacita o crente a falar línguas estranhas (At 2:12,13).

3.2 - Xenolalia é falar numa língua estrangeira sem tê-la estudado (At 2:3-7).

3.3 - A promessa do Espírito Santo é para todos e em todos os tempos (At 11:15-18).

Concl. - O Espírito Santo nos capacita e nos ajuda na missão que nos tem enviado (At 11:21).


Palavra-chave: 

Batismo: Do grego baptismo. Significa mergulhar, submergir.


    O que não é batismo com o Espírito Santo? Não podemos confundir com batismo no Espírito Santo as seguintes situações: batismo nas águas, batismo no corpo de Cristo, regeneração, unção e estar cheio ou ter o Espírito Santo.
    O que é o batismo com o Espírito Santo? Ser batizado com o Espírito Santo significa ter recebido poder espiritual de uma forma tão especial, a qual além de edificação pessoal, proporciona também ao crente acesso e capacitação aos demais dons espirituais. A maior evidência desse dom é o ato de falar em línguas estranhas.
    Glossolalia e xenolalia são termos gregos que definem a capacitação espiritual para falar em línguas estranhas: glossolalia é falar os mistérios de Deus em línguas espirituais edificando-se poderosamente. Nesse caso é necessário um intérprete; e xenolalia é o dom de falar numa língua de outra nação existente na terra sem nunca ter cursado esse idioma. Nesse caso não é necessário um intérprete.



O batismo com Espírito Santo:

Todos os crentes podem recebê-lo (At 2).

É uma bênção posterior a experiência da salvação (At 8:14,15; At 19).

É uma capacidade da “frágil natureza humana” para cumprir a grande comissão (2ª Co 4:7; At 1:8).

Sua evidência inicial é o falar em línguas (At 2; At 8; At 9; At 19).

Tem uma relação estreita com o fruto do Espírito (Gl 5:16-18).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba as novidades do Setor 20 em seu E-mail

Seguidores